Como é a vida de hoje dos coreanos?

Criança estrangeira : Depois da escola geralmente participo de atividades no clube e tenho aula de instrumento. Logo, janto junto com os meus pais. Como é a tua vida diária?
Criança coreana : Eu também vou para a escola e volto a noite, logo do jantar normalmente vou as aulas de apoio. Ah, e tem algo que não se pode faltar na nossa família, é o cellular e a internet.
Meu pai assiste a TV e joga os joguinhos pelo celular quando anda de metrô para ir ao trabalho e a minyha mãe usa a internet para fazer compras. Claro que eu também uso a internet para obter informações necessárias para as aulas. E o meu irmão que é programador também o usa. Agora que penso, utilizamos o celular e a Internet em muitas formas variadas.

Meu pai trabalha numa empresa de construção e geralmente sai muito cedo de casa e volta tarde. Quando eu era menor, ele sempre estava muito ocupado que até era difícil de ver o rosto dele nos dias de semana, e isso me deixava muito triste.
Por isso eu ficava chateada com ele porque ele estava sempre muito ocupado, mas ele me dizia que a Coréia foi um país muito pobre durante 50 anos, mas agora é uma dos décimo país desenvolvido no mundo, e que tem realizado exitosamente as Olimpíadas de Seul, em 1988, a Copa do Mundo, em 2002, da Coréia-Japão e muitos outros eventos internacionais através da elaboração dos trabalhadores coreanos como o meu pai. Como ele diz, estas caraterísticas dos trabalhadores coreanos é conhecido pelo mundo inteiro. Mas recentemente teve uma mudança no nosso país, mudaram os dias de trabalho semanal, diminuiu para 5 dias úteis, por isso muitas famílias passam o fim de semana com as suas famílias descansando ou fazendo viagens.

As mães coreanas tem muito interés na educação de suas crianças. Claro a minha mãe também não é a exeção. Desde criança temos nos mudado muito a procura de bons ambientes de educação e tenho estudados em vários cursos e aulas particulares. As vezes este tipo de educação passa dos seus limites e atinge como um sério problema social, mas muitos especialistas do mundo dizem que o nosso país é um dos primeiro país desenvolvido na industrialização, democratização e a informatização muito rápido, mas para que tudo isto se realize em um prazo tão curto, a grande influência foi os desejos da educação das mães coreanas. A minha mãe diz que em um país com tão poucos recursos naturais como a Coréia, uma pessoa com boas atitudes é o recurso mais valioso para o país. De vez em quando fico brava com a minha mãe que me obriga a estudar o tempo todo, mas como quero ser uma pessoa valiosa mundialmente, continuo estudando bastante para realizar o meu sonho e o meu futuro.

A profissão do meu irmão é programador de computador. Ele fica na frente do computador desde que acorda até a hora de dormir. Se você vir para a Coréia poderá ver com freqüência as pessoas que falam no celular, tanto como na rua ou no metrô, pessoas que ouvem músicas através de um pequeno reprodutor MP3, pessoas que utilizam o computador portátil e o celular para acessar na internet em qualquer lugar e a qualquer momento para fazer qualquer tipo de perquisas. Atualmente está aumentando a quantidade de pessoas que assitem televisão através do celular. Hà uns 10 anos atrás ninguém imaginava que a Coréia iria se desenvolver tanto como hoje em dia. Acho que o alto interes de produtos novos e a sua rápida adaptação, fez que o sistema de comunicação e informática se desenvolvesse como hoje em dia. O meu irmão tem o orgulho da Coréia, e diz que não existe um país mais desenvolvido do que a Coréia no sistema de comunicação e informática.

A educação da Coréia consiste por 6 anos do ensino primário, 3 anos da secundária média e 3 anos da secundária superior e por último a universidade. Eu estou na secundária superior que é a etapa mais importante para decidir a minha profissão e o curso universitário. Meu sonho é ser diplomático. Acho que é muito bom viajar bastante e publicar o meu país para que os outros possam conhece-la. Nestes momentos, para realizar o meu sonho estou participando da atividade de uma organização civil chamada VANK que é uma Delegação Diplomática Cibernética, aqui se difunde as inforformações sobre a Coréia através dos intercâmbios de e-mail com os estrangeiros e os coreanos residentes no exterior que queiram saber sobre a Coréia. Além do mais está aumentando a oportunidade dos intercâmbios grupal entre as escolas coreanas e estrangeiras, e estão fazendo atividades para corrigir as informações incorretas arrespeito da Coréia. A República da Coréia do século XXI tem como objetivo de ser o centro da Ásia, a porta da entrada da Ásia do Norte, e ser um país amigável que saiba compartilhar o seu sonho e a amizade com as pessoas do mundo inteiro. Para realizar este sonho o trabalho e esforço do VANK fará uma grande parte da influência. Assim nós poderemos nos inter-relacionar com o mundo e difundir a Coréia.